Mais do que Juntos, Unidos!

Por Pr Alex Oliveira

Hoje quero trazer uma reflexão com base em um dos Salmos que eu mais aprecio! Este Salmo por si só, sem explanação alguma, nos mostra a beleza poética; reflexões e conclusões tremendas deste livro.

Se possível, abra sua bíblia e medite comigo no Salmo 124.

Para além da beleza poética, o que mais gostaria de chamar a sua atenção é para uma das coisas, implícita no texto, mais fundamentais para um Povo que se chama de DEUS: “O senso de União e Unidade”.

No referido texto o salmista utiliza algumas expressões que denotam o que acabei de dizer: “esteve ao nosso lado… contra nós… Nos teriam engolido vivos… sobre nós… nossa alma… que não nos deu… a nossa alma escapou… nós escapamos… o nosso socorro”…

Através dessas expressões o salmista ressalta, em primeiro lugar, a importância do resgate da Memória do que o Senhor fez ao seu povo, no passado! Certamente que encomendamos nosso futuro com base no conhecimento, experiências e ensinamentos do passado. Em segundo lugar, o salmista faz questão de destacar a fundamental experiência do “coletivo”, não do “eu” ou do “indivíduo”. Ele dá importância a experiência de uma verdadeira e profunda Fé coletiva. (Para o Judeu o sentido de Fé coletiva é mais profundo do que apenas crer… eles o traduzem como Emunah, palavra hebraica, que denota: Fidelidade, Firmeza, Constância, lealdade, honestidade, Agir de tal maneira que inspire confiança. Percebam que essas palavras denotam/refletem (o deveriam) os valores e prática do Povo de Deus).

E essa é uma das principais características do Povo Hebreu/Judeu: A força do Amor, da Fé e da Aliança da sua Comunidade. Em cinco mil anos (de acordo com o calendário Judaico) de história desse Povo podemos constatar, pelos escritos sagrados e pela História, os desafios, dificuldades, perseguições, tentativas de extermínio a que eles foram submetidos (não uma vez, mas, diversas); e, apesar de tudo, nada foi capaz de acabar com esse povo!

Eu realmente acredito que “não há nada que se possa fazer contra um povo unido, determinado em uma Aliança, numa EMUNAH. E Satanás sabe bem disso!

E é exatamente por saber isso que, atualmente, como ação direta dele, percebemos a divisão, desunião, a Polarização, e o agravamento cada vez maior de tudo isso, entre os homens. Penso que essas coisas encontram lugar, quanto mais a Iniquidade se multiplica e a Fé e o Amor de quase todos se esfriam (Mateus 24:13).

Nós, a Igreja de Cristo, devemos aprender com o Povo Judeu e a Igreja Primitiva nessa questão… Realmente deveríamos urgentemente nos preocupar em como traremos essa Emunah, essa Unidade no amor, na fé e na aliança entre nós e Deus.

– Só assim suportaremos firmes os desafios desses dias e dos que estão porvir!

– Só assim findaremos de pé a tarefa/responsabilidade que ainda pesa sobre nós cristãos

– Só assim compreenderemos que esse é o caminho que nos leva a vitória, por Cristo Jesus!

 

Que Deus nos dê uma nova visão e ilumine o coração de todos os cristãos quanto a isso!

Esse post foi publicado em Artigos e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Participe deixando um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s