O Desmanche dos Valores Cristãos e o Colapso da Sociedade Ocidental

Por Pr. Alex Oliveira

CONSIDERAÇÕES INICIAIS

Há alguns meses o Senhor me incomodou para escrever e abordar um assunto cujo tema acredito ser muito importante. No entanto, confesso que demorei um pouco, pois, não sabia como e nem por onde começar. Com a imposição da quarentena o Senhor me deu a oportunidade e inspiração para estudar, pesquisar, refletir e escrever! Esse artigo é para quem gosta de estudar a bíblia para a vida, e também, não gosta de ser enganado e não quer ser pego de surpresa.

Os temas aqui abordados relacionam-se a: Escatologia, Profecias sobre os últimos dias, Nova Ordem Mundial, Reinado do Anticristo, Princípios das Dores, Inversão de Valores cristãos, Ameaças a Democracia, Apostasia, etc.; A intenção  é mostrar como tudo isso está relacionado às circunstâncias, situações e acontecimentos dos dias atuais.

INTRODUÇÃO

A meu ver, a igreja de Cristo é (ou deveria ser), não apenas a apregoadora das Boas Novas (Evangelho), mas, também, um agente de Deus na terra, a imagem e reflexo de Cristo, a coluna e referência moral na sociedade. Em Mateus 5:13 o Senhor declara que seus discípulos eram como “Sal e Luz no mundo”. Jesus referia-se ao papel e responsabilidade dos seus seguidores (a Igreja) no mundo. Como “sal”, com suas propriedades, dentre outras, de conservar e balancear o sabor; e Como Luz, para alumiar e clarear o caminho dos que andam nas trevas. Por essa e outras analogias e referências bíblicas podemos entender que nossa responsabilidade como igreja no mundo, vai além da pregação do evangelho; Assim como a responsabilidade e missão de Jesus na terra fora muito além de só se oferecer em sacrifício na cruz do Calvário.

Apesar da sublimidade da missão da igreja e suas responsabilidades, ela tem enfrentado desde o início grandes provações, perseguições, dilemas e dificuldades. Não pretendo aqui abordar todos os desafios da Igreja, mas quero (tentar pelo menos) expor/denunciar uma batalha por trás de acontecimentos que vem ocorrendo há não pouco tempo, porém, tem se intensificado de décadas para cá. Este é apenas um ensaio inicial; e o que desejo é despertar a sua precaução e incentivar a pesquisa bibliográfica e a reflexão sobre o assunto, a fim de que você possa guardar a si mesmo e aos seus!

UMA BREVE CONTEXTUALIZAÇÃO (para que você entenda a questão proposta nesse artigo, e que fará sentido para você mais tarde).

É razoável (pra não dizer é certo) presumir que Deus tinha em mente “um PLANO”; uma espécie de “IDEAL” ao criar a humanidade. Esse plano de Deus passa, necessariamente, pela união em casamento do homem e mulher que, uma vez tendo filhos, formariam uma família; Os filhos, crescendo e se multiplicando, formariam outras famílias; essas, por outro lado, se uniriam a outras famílias para formarem agrupamentos comuns; que, por conseguinte, formariam uma comunidade/sociedade (grosso modo, falando).

De acordo com Jeremias 29:11 e Deuteronômio 11 e 28, podemos afirmar que Deus sempre desejou a paz e prosperidade da humanidade, e não o mal; contudo, nem sempre isso foi possível devido as (más) escolhas e decisões de cada um, devido ao livre arbítrio.

Como parte do seu “Plano de Paz, Bem e Prosperidade” para a humanidade, quando criou o homem, Deus o fez “a sua imagem e semelhança” (Gênesis 1:26), e colocou nele muitas de suas próprias características, como a capacidade criativa por exemplo. Por outro lado, lhe deu limites e ordenamentos, bem como, gravou em seu coração “crenças e valores morais e éticos” que refletiam o caráter de Deus (Salmos 37:31/ Jeremias 31:33/ Romanos 2:11-15/ Hebreus 10:16). Tudo isso seria muito importante para o “bem comum e o viver em sociedade”, de forma que, todos os costumes e formas de relacionamento entre os homens deveriam ser balizados nessas características, crenças, valores, que provinham do Criador. Além do mais, deveriam ser repassados/ensinados de geração em geração (Deuteronômio 6:2; 31:19).

Todavia, a bíblia demonstra que escolhendo seguir o seu próprio caminho e recusando os caminhos e planos de Deus (Romanos 10:3/ Isaías 55:6-13), o homem permitiu que o mal entrasse, corrompesse e influenciasse o mundo. Pior que isso, repassou de alguma forma essa “semente” e característica (ruim) aos seus descendentes (Gênesis 5:3/ Romanos 1:23).

Hoje só podemos imaginar como seria o paraíso na terra, sem o pecado, o mal e as trevas! (>> Clique Aqui << para ver um estudo detalhado sobre as consequências do pecado/queda do homem).

Desde então, Satanás e suas hostes criaram uma conspiração universal, não para frustrar o Plano de Deus, pois isso não é possível (Salmos 21:11/ Jó 42:2), mas, para usurpar/tomar o domínio das coisas criadas. Então, mediante esse domínio do mundo, pelo pecado, Satanás conseguiria escravizar, desvirtuar e incitar a humanidade à rebelião contra os planos de Deus, como foi, por exemplo, no episódio da torre de Babel ou de Sodoma e Gomorra (Gênesis 19/ Vide também apocalipse). Esse foi e sempre será o Modo de operação dele! (João 8:44).

É interessante o que Paulo disse em Efésios 6:12 – “nossa luta não é contra o sangue e a carne…”. No contexto, o apóstolo não quis dizer que não haveria adversidades físicas, materiais, culturais, ideológicas e intelectuais – as quais, diga-se de passagem, devemos enfrentar e combater; mas que, a nossa luta, em última análise, não seria contra o “ser humano”, mas, contra a influência e mentira das hostes do mal e das trevas que manipulam as circunstâncias e os agentes humanos contra os planos de Deus (Veja Mateus 24:4/ Judas 1:3 / 2 Coríntios 10:4).

NÃO subestime a influencia das trevas nesse Mundo! E Não se iluda, por trás de muitos acontecimentos e circunstâncias físico-materiais, encontra-se a mão do inimigo de nossas almas, malignamente engenhoso e ardiloso (2 Coríntios 2:11; 11:14)! Seja como for, o intento final dele NÃO É ganhar de Deus (o que sabe que é impossível), mas, separar o ser humano do seu criador, dividir a raça humana e conduzir à perdição o máximo de pessoas possíveis (Ele sabe que tem pouco tempo para isso – Apocalipse 12:12). Acredito, sem sombra de dúvida, que a campanha orquestrada de ataque e “desmanche dos valores, crenças e costumes cristãos da sociedade ocidental” faz parte dos Planos de Satanás em sua conspiração contra os Planos e Ideais de Deus! A pretensão deste artigo é tentar mostrar e denunciar que ambas as situações estão interligadas.

Apesar de não ser um Analista social/político de ofício, permito e proponho-me a analisar essa questão; inclusive, do (meu) ponto de vista bíblico e espiritual.

Pois bem! A base dos costumes, ideias, práticas, leis de um povo é o conjunto dos valores e crenças comuns desse povo (noção de bem comum, senso de justiça, o certo e o errado, etc.). Assim, sabemos, a sociedade ocidental desenvolveu, se organizou e prosperou ideológica, cultural, econômica e politicamente nas tradicionais filosofias democráticas da Grécia, do direito Romano e principalmente, dos “valores e crenças morais e éticos judaico-cristãos”. (não está em discussão aqui se eles foram perfeitamente aplicados e vividos ou não em nossa sociedade. Esse é um tema para outro artigo).

Ocorre que, desde os séculos XIX e XX vimos o nascimento (ou criação intencional) de filosofias e movimentos baseados em “ideias, valores e crençasopostos aos pilares tradicionais (Judaico-cristãos), com intuito de quebrar os paradigmas, tradições, padrões de comportamentos, pensamento, visão, que não estão de acordo com os deles. A partir da década de sessenta do século XX os valores tradicionais (Judaico-cristãos) começaram a ser questionados com mais veemência.

A intenção é a implantação de uma Nova Ordem das coisas – com outros valores, costumes, crenças, etc.. Entretanto, uma Nova Ordem só pode ser implantada com sucesso, após a queda da Velha Ordem estabelecida; Isso porque a Velha (sociedade judaico-cristã) é um empecilho para tais pautas progressistas. Contudo, os velhos paradigmas não são fáceis de mudar! Então, surgiria um impasse para eles: Como quebrar essa tradição, paradigma, velha ordem?

Pois bem! Antes que muitos pudessem se dar conta, essa questão foi pensada e debatida há séculos por interessados na mudança. Muitos estudaram, elaboraram, propuseram uma filosofia e aplicaram métodos para: primeiro, quebrar os paradigmas; depois, preparar e implantar Novos.

Muitos dos movimentos iniciais ocorridos, sob o “pretexto ou plano de fundo” de busca e luta por melhores condições de vida e trabalho e justiça social (o que é totalmente correto e justo), tiveram como métodos (completamente malignos): a desordem, a anarquia e as revoluções armadas, nas quais milhares e milhares de pessoas (inúmeros inocentes) foram assassinados. A História secular, em geral, aborda diversos exemplos dessa triste realidade (Vide referencia bibliográficas ao final).

Todavia, não foi em todo lugar e em todo tempo que essa abordagem revolucionária radical granjeou adeptos ou obteve sucesso (como previsto por seus primeiros teóricos e práticos). E por isto, alguns filósofos, pensadores e adeptos posteriores concluíram que o movimento deveria mudar de estratégia, mudando a “forma” do combate. Essa corrente filosófica mais contemporânea define o novo modus operandi: “Ao invés de revolução armada, enfrentamento direto, guerrilhas, torturas, assassinato sistemático, orienta-se uma revolução totalmente velada (escondida), porém permanente, a qual deve acontecer no âmbito Cultural, porém, com o mesmo objetivo final”. (Onde mora o perigo).

Nesse sentido, é possível identificar que, por trás de muitas mudanças que já ocorreram e outras que ainda ocorrerão em nossa sociedade, existem métodos (sistemas de aplicação intencional para a mudança), nos quais, são utilizados quaisquer meios disponíveis que os ajude a atingir os objetivos finais. Como já disseram alguns de seus maiores idealistas: “Os fins justificam perfeitamente os meios”; e: “não há certo ou errado na busca dos objetivos”.

Dessa forma, atente-se para algumas das táticas desses movimentos:

  • Atacar sistemática e constantemente as ideias, costumes e valores inegociáveis da sociedade.
  • Promover efusivamente ideias e costumes inadmissíveis na mesma sociedade.
  • Questionar, polemizar e por em discussão questões delicadas (Tabus: Aborto, Drogas, Armas).
  • Propagar, incentivar e efetivar a DIVISÃO na sociedade (Preto x Branco; Homo x Heterossexuais).
  • Promover a Inversão de valores (o certo vira errado e o errado vira certo).
  • Infiltrar militantes nos setores da sociedade (Artes, Cinema, educação).
  • Cooptar e se Utilizar dos meios de comunicação de massa para auxiliar em todos esses pontos.
  • Assassinar a reputação de indivíduos oponentes.
  • Manipular, Mentir, Desviar, Deturpar, Distrair e Desinformar.
  • Desestimular o pensamento crítico.
  • Aumentar drasticamente a burocracia e a dependência das pessoas do estado.
  • Promover Militância político-ideológica; angariar adeptos e simpatizantes a causa.
  • Tornar o estado ineficiente até que se possa derrubar e tomar o poder.
  • etc.

Para lograr êxito, os adeptos, em sua concepção, são orientados a ocupar espaços em todos os lugares possíveis e de maior influencia da vida publica, a fim de exercer o controle dos meios educacionais, das instituições civis, Legais, religiosas, dos meios de comunicação, a fim de pervertê-los ideologicamente por dentro e criando um novo modo de pensar… Tudo isso deve ser feito de maneira silenciosa e sorrateira para que as pessoas sejam conduzidas a essa hegemonia cultural, sem que percebam; e assim, passem a raciocinar nos termos da linguagem e ideias desse movimento, forjando assim as mentes.

Dessa forma, acreditavam que atingiriam mais eficientemente os objetivos a que se propunham: Derrubar as bases da civilização ocidental, destruir os valores morais, acabar com a religião e o modelo de família tradicional baseados na filosofia judaico-cristã e, então, implantar uma Nova Ordem.

Questiono, portanto: A quem interessa a quebra de Paradigmas cristãos, a destruição da sociedade ocidental e a implantação de todas essas “iniciativas”? Você conhecedor das escrituras tire suas conclusões!

O Grande ponto de atenção que aqui ressalto para os que conhecem pouco as referências proféticas aos últimos dias, é que os tempos que antecedem a Manifestação do Anticristo, a conhecida Grande Tribulação e o Juízo Final de Deus, o mundo será preparado para passar por uma grande mudança. Esse é o momento no qual veríamos o amor se esfriando (Mt 24:12), os filhos contra os pais e vice-versa (Lucas 12:53), traições (Mateus 10:21), grande apostasia, mentira, enganação e manipulação (2 Tessalonicenses 2), falsos sinais; circunstâncias que, “coincidentemente”, se assemelham muito com os tempos em que vivemos, no qual, também, as ideias, pensamentos e modus operandi defendidos por tais filosofias e movimentos parecem estar indo na mesma direção, promovendo justamente as mesmas coisas e chegando ao mesmo objetivo final – a Queda da Velha Ordem para a implantação de uma Nova!  Olhe e reflita nos acontecimentos atuais! Apesar de alguns estarem alertas e outros despertando, a maioria ainda está dormindo!

Apesar de todo simbolismo e alegoria das profecias do apocalipse (não é propósito entrar em detalhes e minúcias aqui), diversos teólogos entendem que O “reinado do Anticristo” será dará necessariamente em um mundo globalizado e unificado (cultural, politica, econômica e religiosamente). Entretanto, para isso, o mundo está sendo preparado para tal há décadas e décadas. A bíblia, por sinal, informa que a Besta agirá mediante o poder de Satanás (Apocalipse 13). Conforme dissemos anteriormente, não se iluda, o Diabo é malignamente engenhoso, ardiloso e o “pai da mentira”. O domínio, ideias e práticas de Satanás prosperam somente onde também prospera a mentira e a enganação, cujas armas ele usou para ludibriar muitos ao longo da História; desde homens até anjos (a bíblia diz que, se possível, ele enganaria até os “escolhidos” – Mateus 24). Novamente chamo sua atenção: A única forma dele obter esse domínio Global é, a princípio, pela manipulação, aceitação e aclamação das pessoas e instituições mundiais! O nível de lavagem cerebral e cauterização de mente serão tão grandes nesse tempo, em meio ao caos necessário, que as pessoas farão isso de Livre Vontade!

Será que Satanás não está usando pessoas, coisas e circunstâncias, nos dias atuais, para atingir esse fim?

O FATO é que os mesmos objetivos e estratégias traçadas e utilizadas por homens em suas filosofias, e aplicadas em seus movimentos revolucionários são/serão as mesmas utilizadas pelo anticristo quando da sua manifestação; a diferença será apenas na escala. Há muito mais coisas em comum entre algumas filosofias/movimentos/acontecimentos atuais com o anticristo, do que poderíamos supor ou estar dispostos a acreditar!

No Livro de 2 Tessalonicenses 2:1-7, Paulo nos alerta que o ministério da iniquidade já opera e está a todo vigor em sua preparação, somente havendo algumas coisas que o impedem de agir sem detença. Falando de forma mais clara, a sociedade ocidental, o cristianismo, os cristãos verdadeiros e o ministério do Espírito Santo em favor dos perdidos (João 16:11) são os maiores empecilhos, hoje, para o lançamento da base fundamental dessa Nova Ordem Mundial.

Para os Não cristãos esse alerta/artigo talvez não faça sentido; porém, conclamo a todo cristão nascido de novo a se atentar, estudar, comparar os acontecimentos, pois a história e as profecias estão se desenrolando diante de nossos olhos. Estamos vivendo dias cruciais, talvez, alguns dos últimos nos quais cristãos e cidadãos de bem podem fazer algo para mudar. Se não for possível mudar a situação e o destino do país, ao menos, despertemos o maior número de pessoas!

Por fim, vale declarar que, através de Cristo Jesus, Deus já executou o seu Plano de Redenção e Salvação (vide Efésios 1:4/ 1 Pedro 1:18-23). Nós cristãos acreditamos pelas Escrituras Sagradas que, em Cristo, o homem é resgatado da morte eterna, liberto da escravidão e restaurado à comunhão com o Criador; e não apenas isto, Deus, através de Cristo Jesus, torna real, em partes no presente, e no futuro a restauração de todas as coisas (Romanos 8:21-23). Se antes só era possível imaginar como seria o paraíso na terra sem os males; em Cristo, podemos em breve experimentar Novos Céus e Nova Terra (Isaías 65:17; 66:22 /2 Pedro 3:13/ Apocalipse 21:1). Entretanto, essa benção e herança são para aqueles que voluntariamente creem em Jesus e entregam-se a Ele para ser Senhor e Salvador de suas vidas (Romanos 10:8-11/ 1 Coríntios 15:20-22/ 2 Coríntios 5:17/ Efésios 4:24). A isso chamamos de Evangelho/Boas Novas; mensagem a qual o Senhor Jesus nos Ordenou Transmitir a todos os Povos. (Marcos 16:15, 16 / 2 Coríntios 5:17-21).

Faça já a oração de entrega da sua vida à Cristo e ajude os outros a fazerem o mesmo!

 

FONTES BIBLIOGRÁFICAS PARA PESQUISA E ESTUDO

  • Artigo “A Guerra Global Contra os Valores Cristãos”:

https://www.espada.eti.br/db130.asp

  • Excelente Documentário “Pátria Educadora”:

https://www.youtube.com/watch?v=yJunMvIFtxI

  • Artigo “Plano de 6 etapas para mudança de comportamentos”:

https://www.espada.eti.br/n1055.asp

  • Artigo “A história do Comunismo”:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Hist%C3%B3ria_do_comunismo

  • Artigo/Livro “O Livro Negro do Comunismo”:

https://pt.wikipedia.org/wiki/O_Livro_Negro_do_Comunismo

  • Excelente Artigo “Tese x Antítese = Síntese”:

https://www.espada.eti.br/n1007.asp

  • Importante Artigo “Conflito Controlado Produz Mudança Controlada”:

https://www.espada.eti.br/n2429.asp

  • Artigo “Holodomor – O Holocausto Ucraniano”:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Holodomor

  • Artigo/Resenha “De Marx a Lenin”:

https://www.espada.eti.br/marx-gramsci.asp

  • Críticas ao Marxismo

https://pt.wikipedia.org/wiki/Cr%C3%ADticas_ao_marxismo

  • Matéria:

https://www.jornaldacidadeonline.com.br/noticias/19562/um-depoimento-de-uma-amiga-nossa-sociedade-por-30-anos-foi-triturada-por-gorjetas-em-blitz

  • Tese Final sobre Apocalipse:

http://tede.mackenzie.br/jspui/bitstream/tede/2338/1/Leandro%20Antonio%20de%20Lima.pdf

Esse post foi publicado em Artigos e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para O Desmanche dos Valores Cristãos e o Colapso da Sociedade Ocidental

  1. jesus584 disse:

    Não

    Enviado do Outlook Mobile

    ________________________________

    Curtir

Participe deixando um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s