SÉRIE REFLEXÕES DE 2016: “ABERTOS PARA BALANÇO”

Por Pr Alex Oliveira

Pois é! Chegamos mais uma vez a um final de Ano! Como sempre fazemos, dedicamos naturalmente um tempo para Refletir Sobre o período! Em nossa Comunidade, este ano, fomos direcionados pelo Espírito Santo a fazer uma Reflexão mais profunda. Por isto, destinamos todos os Domingos de Dezembro para Avaliar nosso Ano, individualmente e coletivamente! Aqui neste artigo, utilizo a metáfora/ditado da Contabilidade/Finanças para nos auxiliar em nossa reflexão. Deixarei aqui abaixo no Blog os Links dos Slides em PDF com as nossas “Reflexões sobre 2016”. Desejo que lhe sirva igualmente!

Mensagem 1 > Serie-reflexoes-2016-Abertos-para-Balanço?

Mensagem 2 > Serie-reflexoes-2016-O-que-foi-plantado-e-colhido?

Mensagem 3 > Serie-reflexoes-2016-De-onde-viemos?

Mensagem 4 > Serie-reflexoes-2016-Onde-chegamos?

Mensagem 5 > Serie-reflexoes-2016-Para-onde-iremos-e-o-que-faremos?

Quantos de nós já não ouvimos a expressão: “Fechado para Balanço”??

Muito bem! Mas, você sabe o que ela significa e qual a importância do ato por trás deste ditado?

fechado-balanco           balanco-1

Na contabilidade e no direito, a palavra “balanço” significa e decorre do equilíbrio ou da igualdade.

A expressão: “Fechado para Balanço”, como comumente nos referimos, em muito, faz referencia a uma Prática Contábil (Análise Demonstração Contábil) que visa analisar a situação econômico-financeira de uma Entidade/Empresa.

A intenção com esta prática é parar um dia ou um período para efetuar a análise e avaliação dos resultados da empresa ao final de um período determinado.

balanco

EXEMPLOS BALANÇO:

– Balanço Patrimonial = Demonstra o Equilíbrio e a Situação Patrimonial da Entidade (AT = PA + CP)

– Balança Comercial = Demonstra, Analisa, Mede o equilíbrio entre Importações e Exportações

PARTICULARIDADE LINGUAGEM CONTÁBIL

O intuito aqui não é dar uma aula de contabilidade, mas extrair metáforas e lições do dia-a-dia desta Ciência. E uma das realidades na Contabilidade é que ela se utiliza muito de períodos, nos quais, não se avança de um para outro período sem que o anterior seja “Fechado”. Por outro lado, um período só é fechado quando:

a) É completamente analisado;

b) É corrigida as distorções;

c) É extraída as informações e lições

ABERTO x FECHADO?

balanco-600x300               aberto-para-balano             duvida

 

Em contrapartida a expressão: “Fechado para Balanço”, devemos utilizar, de forma geral, a mesma prática em nossas vidas. Mas, com o perdão do trocadilho, espiritualmente precisamos estar “Abertos” (para Balanço). A intenção, porém, é a mesma:

– Parar;

– Abrir-se;

– Analisar-se;

– Refletir

– Reavaliar-se

Certa vez alguém disse: “Aprendemos a voar sobre a imensidão do céu e as profundezas do mar, mas ainda não sabemos viajar para dentro de nós mesmos”

Parece-nos fácil Analisar, Examinar, Julgar, Criticar, tudo e todos ao nosso redor; entretanto, falhamos muitas vezes em olhar para nós. Mas, a Bíblia nos ensina e exorta a fazer tudo isto primeiramente conosco. Senão, vejamos:

“Examina-me, Senhor, e prova-me; esquadrinha os meus rins e o meu coração”. (Salmos 26:2)

“Esquadrinhemos os nossos caminhos, e provemo-los, e voltemos para o Senhor”. (Lm 3:40)

“Examine-se, pois, o homem a si mesmo, e assim coma deste pão e beba deste cálice… Porque, se nós nos julgássemos a nós mesmos, não seríamos julgados”. (1 Co 11:28-31)

“Mas prove cada um a sua própria obra, e terá glória só em si mesmo, e não noutro”. (Gálatas 6:4)

“Examinai-vos a vós mesmos, se permaneceis na fé; provai-vos a vós mesmos. Ou não sabeis quanto a vós mesmos, que Jesus Cristo está em vós? Se não é que já estais reprovados”. (2 Co 13:5)

POR QUE SE EXAMINAR/ANALISAR?

Paulo nos exorta a examinar e julgar a nossa vida e a nossa fé, com o fim de avaliarmos o caminho que temos percorrido, para que não venhamos a nos desviar e, por fim, nos perder. Neste contexto, o Apóstolo, cita exemplos dos que, por talvez falharem em analisar e julgar a si mesmo, se perderam:

Paulo escreve a Filemon (1:24) e aos Colossenses (4:14) descrevendo Demas como seu cooperador e colaborador na obra. Já na carta a Timóteo (2 Tm 4:10) Paulo lamenta a vida de Demas afirmando que ele “amou o presente século”. O que teria levado um homem envolvido com a obra a amar o presente século e abandonar a fé?

Paulo exorta Timóteo a “conservar a fé e a boa consciência” (1 Tm 1:19). O apóstolo afirma nos versos seguintes que alguns, rejeitando a boa consciência, rejeitando uma consciência limpa, naufragaram na fé, abandonando o que criam. Entre esses, Paulo menciona Himeneu e Alexandre, que caíram da fé e depois perderem o rumo da vida.

Por fim, o que dizer de Judas Iscariotes que andou com o mestre durante três anos e meio de sua vida e depois de ter presenciado todas as obras, os milagres, as repreensões, as palavras de carinho, mesmo assim, traiu o Senhor por causa de lucros mundanos?

O que teria acontecido a Demas, Himeneu, Alexandre, Judas Iscariotes, ou melhor, o que teria faltado a eles? Teria lhes faltando um auto-exame e auto-julgamento?

CONCLUSÃO

A semelhança das Empresas e Entidades, neste final de ano, incentivo-lhe a parar e reservar alguns dias para efetuar uma Análise mais profunda e geral de sua vida. Assim como acontece na Contabilidade, não devemos avançar para outro período sem que “fechemos” o anterior, ou sejam, sem que antes analisemos, corrijamos e extraiamos as informações e lições de tal período.

E AÍ, QUEM ESTÁ ABERTO PARA BALANÇO?

Anúncios
Esse post foi publicado em Artigos e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Participe deixando um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s