COMO NOS DIAS DE NOÉ…

Por Pr Alex Oliveira

O retorno de Cristo e os eventos que se seguem, incluindo o juízo de Deus têm data marcada. Parece uma contradição, mas realmente podemos perceber o momento/episódio que deflagrará a volta de Cristo. Contudo, a bíblia diz: “A respeito daquele dia e hora, ninguém sabe; nem os anjos do céu; senão unicamente o Pai” (Mt 24.36). Como explicar então a minha frase acima?

Primeiro é preciso lembrar que o intuito de Jesus em proferir essas palavras era, claramente, para evitar cálculos, curiosidades e previsões e, conseqüentemente, decepções. Além de claro, estimular em nós a VIGILANCIA. E, de fato não dá para nós sabermos quando se dará o exato momento do evento; por isto também disse: “… não vos compete saber tempos e épocas que o Pai estabeleceu pelo seu próprio poder” (At 1.7).

Apesar disto, o Senhor Jesus, nos preveniu; deu-nos sinais; os quais nos indicariam a proximidade do evento de sua volta e o fim. Enfim, podemos saber o momento do evento, não quando exatamente se dará o evento. Isto porque o momento que desencadeia o evento pode se dar daqui há um ano, ou dois, ou dez; ou só daqui há cinqüenta anos!! No mundo espiritual não importa tempos ou épocas, nem data e nem hora. O que importa é o momento que desencadeia o evento. Em outras palavras, neste caso, o EVENTO está condicionado ao MOMENTO.

No contexto da passagem referida anteriormente, Jesus reunido com seus discípulos, revela-lhes uma série de profecias, sinais e parábolas que lhes esclareceria muitas coisas; não para matar a ansiedade e a curiosidade, típicas dos seres humanos, mas, para que fossem vigilantes e não fossem pegos de surpresa.

Ele declara: “E, como foi nos dias de Noé, assim será também a vinda do Filho do homem” (Mt 24.37). Há coisas interessantíssimas nesta declaração. O Senhor revela-lhes (aos discípulos), e a nós também, que o contexto da sua vinda será o mesmo dos dias de Noé. Portanto, tudo o que temos que fazer é olhar com atenção o episódio que envolveu Noé, sua família, as outras pessoas e o mundo antigo.

O Senhor continua: “Porquanto, assim como, nos dias anteriores ao dilúvio, comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento…” (Mt 24.38,39). Veja, algumas pessoas pensam que o problema é o casamento, as bebidas e as comidas. Mas, eu creio que não era esta a idéia. A meu ver o Senhor queria dizer a respeito das distrações da vida.

Simplesmente, o cotidiano, as “coisas desta vida”, tiraram a atenção daquelas pessoas para não darem crédito à mensagem de Noé. Acostumaram-se… e com o passar do tempo não se importavam mais com aquela estrutura grande que Noé estava construindo; não se importavam com a sua mensagem, nem com o seu modo de ser e falar, que era diferente de todos os outros habitantes. E ainda pior, de tanto caçoarem de Noé e sua família; chegou um dia que nem mais prestavam atenção neles. E viveram suas vidas… “… até ao dia em que Noé entrou na arca, e não o perceberam, até que veio o dilúvio, e os levou a todos…

E completa: “… assim será também a vinda do Filho do homem”.

Agora reparemos mais a fundo a parte ‘b’ do versículo 38 (Cap. 24): “… até ao dia em que Noé entrou na arca”. A bíblia nos mostra e o Senhor Jesus ratifica, que o dilúvio só começou após a Arca ser terminada e Noé e sua família ter entrado nela. A missão de Noé era, além de levar a mensagem do Juízo “iminente” de Deus, construir uma Arca que seria o refúgio e salvação para todo o que cresse na mensagem de Noé. O dia do dilúvio estava marcado. Pra quando? Quando a Arca estivesse pronta. Ninguém sabia ao certo quando a Arca ficaria pronta; isto dependeria do esforço e desempenho de Noé e sua família. Mas, quando a Arca estivesse pronta, findaria o tempo da mensagem e, conseqüentemente, viria o dilúvio. O tempo da mensagem, bem como do dilúvio, estavam condicionado ao tempo do preparo da Arca!

… assim será também a vinda do Filho do homem”.

Foi-nos dada uma missão. O Fim não pode vir, e não virá, enquanto esta missão não for cumprida! Somos os “NOÉs” de hoje! Embora não visível; estamos construindo uma arca. Não uma Arca literalmente, mas, estamos, com a ajuda de Deus, construindo, agregando, edificando, juntando os membros de um corpo – a Igreja de Cristo – na medida em que levamos/pregamos a mensagem de Deus. Quando este corpo estiver edificado, adornado, imaculado – quando acabarmos de testemunhar; virá o FIM.

Leiamos Mateus 24.14 “E este evangelho do reino será pregado em todo mundo, em testemunho a todas as nações, e então virá o fim”. Em outras palavras… “e então virá o fim…” só depois que este evangelho for pregado em testemunho a todas as nações. Isto porque, como diz em 2 Pedro 3.9: “[ELE] é longânimo para conosco, não querendo que alguns se percam, senão que todos venham a arrepender-se”.

Como diz as escrituras: “Hoje, se ouvirdes a sua voz [do Espírito Santo], não endureçais os vossos corações…” (Hebreus 3.4-16).

Hoje é mais um daqueles dias em que Deus lhe estende as mãos e lhe dá mais uma oportunidade.  Um dia, porém, esta oportunidade vai se findar, o dia já está determinado, e quem sabe se você perceberá… “como foi nos dias de Noé”??

O triste Fim da história de Noé foi que as pessoas só perceberam o sumiço de Noé e sua família quando o dilúvio foi deflagrado; mas, já era tarde, o próprio Deus já havia selado a porta da Arca por fora.

… assim será também a vinda do Filho do homem”.

Esse post foi publicado em Artigos e marcado , , , . Guardar link permanente.

4 respostas para COMO NOS DIAS DE NOÉ…

  1. Rô Moreira disse:

    Olá sumido, me abandonaste foi?? passando só pra lembra que estou viva ok rsss. Brincadeira, sabe que brinco muito né?? mas realmente sinto sua falta, mas também não tenho comparecido muito aqui, não posso nem reclamar né?Mas, pra falar a verDade estou um pouco cansada de Blogosfera. Paz Alex!

    Curtir

  2. Rô Moreira disse:

    Eu vi seu recado Alex, mas é que tenho estado cansada com muitas coisas que vejo e isso parece me contaminar a alma. Tem coisas que mexe demais comigo. Ore por mim ok. Bjs e paz!

    Curtir

  3. parabéns querido irmão por esse lindo e maravilhoso estudo da palavra de Deus que o espirito santo te revelou para o crescimento do corpo de cristo e a edificação da igreja.

    Curtir

Participe deixando um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s