Quando a Esperança morre

Quando a esperança Morre

Por Pr Alex Oliveira

O Estado de ânimo dos dois discípulos no caminho de Emaús (Lucas 24.13-21) reflete muito bem o que eu quero dizer com o título desta mensagem: Quando a esperança morre!


O Senhor Jesus tinha, apenas, doze apóstolos; escolhidos a dedo por ele. Mas, discípulos, ele tinha muitos. Na verdade, tinha multidões!

Para esses apóstolos e discípulos Jesus não era um simples mestre e senhor (com letra minúscula). Suas palavras não era, apenas, alimento espiritual momentâneo. Seus ensinos, não eram apenas ensinamento (lê-se: entendimento) revolucionário da Lei de Deus. Não era apenas uma revelação divina da TORÁ e dos Escritos dos profetas. Estamos falando daquEle e daquilo que se lhes tornou a base de suas vidas (dos discípulos), por quem, também viveram: Cristo Jesus e sua palavra.

Durante três anos e meio, eles foram ensinados e preparados. Viveram, conviveram, sofreram, aprenderam, amaram, trabalharam, criaram laços profundos de amizade uns com os outros e com o seu Mestre. Em certo ponto da caminhada, Jesus lhes disse: “Já vos não chamarei servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos tenho feito conhecer” (João 15.14,15).

É  até difícil precisar o quanto Jesus Cristo representou para esses homens, o quanto amavam e esperavam nele. Diante da vida que levavam, homens simples, iletrados, sem muita perspectiva de vida; uns humilhados, outros rejeitados; tidos como sem estima por muitos; Encontraram em um homem – Jesus: Um Amigo, um Guia, um Mestre, um Professor (Com letra Maiúscula). Em sua palavra encontraram vida, refrigério, alimento para alma, encontraram, enfim: ESPERANÇA.

Esperança de um dia melhor, de uma vida melhor, de um futuro melhor; esperança de uma vida após esta vida; esperança de serem diferentes do que as pessoas falavam e achavam deles; esperança de serem úteis, de serem dignos; esperança de agradarem a Deus pelas suas vidas.

O relacionamento dos verdadeiros discípulos e apóstolos do Senhor, se baseou, não no que Deus podia lhes dar, mas, ao contrário, o relacionamento foi cultivado pelo que Deus era, e depois, pelo que Ele tinha feito a eles. Enquanto a sociedade, as pessoas em geral, os rejeitavam, Jesus os acolheu; enquanto eram humilhados, Jesus os exaltou; enquanto eram caluniados por muitos, Jesus os bendisse diante do Pai. Jesus ensinou-lhes isto. Ele queria mostrar-lhes Deus Pai, queria mostra-lhes que o caminho para chegar ao Pai, era Ele próprio. E que os discípulos deveriam reconhecer em Deus, a figura de ABA Pai, um Deus amoroso que tem os seres humanos, não como criatura, mas como filhos. Neste mundo desesperançados, Jesus se lhes tornou a maior esperança de suas vidas. 

Aconteceu, porém, que um dia, toda essa esperança foi posta em cheque; toda a esperança deles fora posta a prova. Em um dia, numa madrugada de quinta-feira para sexta-feira, a esperança dos discípulos e tudo o que ela representava fora presa, fora feita cativa pelos homens! Na mesma Sexta-feira a tarde essa esperança fora morta! Todos os sonhos e projetos, morreram juntamente com toda a sua esperança!

Não pensamos muito a este respeito, mas, foi por isso, que, tal era o estado de ânimo dos discípulos após aquela fatídica sexta feira(Lucas 23.49/ 24.21). Você pode imaginar o estado de ânimo, o desespero na alma dos discípulos e apóstolos do Senhor Jesus naqueles dias?

Estavam uns pior que os outros. Uns traíram, outros negaram, outros desistiram, outros pasmaram e outros, simplesmente, não sabiam o que fazer. Perderam tudo o que demais precioso possuíam: A Esperança de suas vidas!

“Uma das” piores coisas que pode acontecer ao ser humano é: Perder a Esperança; perder a perspectiva!

Talvez, você viva, alusivamente, a mesma situação que estavam os discípulos do Senhor. Sem fé, desacreditados, desesperançados, cabisbaixos, desanimados, desesperados na alma por alguma situação que lhe aconteceu. Como os discípulos, talvez você pense que, tudo fora em vão; que nada durante todo esse tempo valeu a pena. E como fizeram os dois discípulos no caminho de Emaús, voltaram atrás, desistiu, esmoreceu!

Na vida que vivemos nesta terra, não vão faltar situações para prender e matar a nossa esperança. Na verdade, esperança, para muitos, é o único sustento diante das aflições e tribulações que a vida lhes sujeita. Para muitos, a única perspectiva de vida e de um futuro melhor, é regida pela esperança. Mesmo assim, muitos, querem tentar contra a nossa esperança.

Felizmente, como aconteceu com os discípulos, acontece conosco hoje. O que parecia perdido, o que parecia uma perda dolorosa; compreendemos “poucos dias” depois que tudo estava nos planos de Deus, que tudo fora uma prova da nossa fé, da nossa esperança. E hoje não precisamos temer! Até a morte, hoje, não precisamos temer.

Em meio ao desespero, ao choro, enfim… em meio a todas as situações que os apóstolos e discípulos passaram, e que por algum motivo, hoje, você esteja passando, eu quero lhe dizer: O choro pode durar uma noite, mas a sua alegria (alegoricamente) nasce pela manhã bem cedo. E no caso dos discípulos, em um domingo de manhã bem cedinho! A ESPERANÇA deles havia ressuscitado! E eu profetizo que assim será na sua vida!

Se hoje temos, podemos e devemos ter ESPERANÇA, é somente pelo fato de o Mestre Amado e Amigo Fiel – ter RESSUSCITADO! Ele é a nossa ESPERANÇA! (Leia: Romanos 8.24  &  15.13/ Hebreus 10.23/ Tito 2.13/ Colossenses 1.5)

Que Deus em Cristo, e o Espírito Santo lhe supra em todas as coisas!

Esse post foi publicado em Artigos e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

7 respostas para Quando a Esperança morre

  1. Pastor Alexandre Alves disse:

    Quero deixar aqui uma mensagem a todos os visitantes desta pagina, que cada um faça sua reflexão sobre esse tema. Sabemos que temos vividos os ultimos dias e notamos com o passar dos tempos que os valores bíblicos tem mudado; pouco se fala na vinda de cristo, estamos vivendo uma era materialista. Infelizmente a teologia da prosperidade está sendo mau interpretada e aplicada de uma forma usurpadora e enganosa, mas em meio a tantas mentiras devemos olhar para o nosso autor e consumador da nossa fé; temos que resgatar o valor principal que foi o sacrificio de Jesus na Cruz do Calvario. Naquele momento Jesus tornou possivel, hoje, a tua vitoria, a tua salvaçao. Jesus nos devolve o direito de vida eterna e que so podemos encontrar nEle. Ele é nosso mediador e não há salvação fora dEle, Não importa o que você está fazendo importa é o que Jesus fez por você. Ele levou sobre si todas as nossas dores foi moido foi transpassado tudo que você tem sofrido hoje Jesus sofreu imensuravelmente mais e isso foi por você Ele morreu para que hoje você pudesse ter vida e vida com abundância.

    PR. ALEXANDRE E PRA. FABIOLA
    IGREJA BATISTA PALAVRA PROFÉTICA

    Curtir

    • Pr Alexandre e Pra Fabíola, meus amigos, meus irmão, minha família!! Agradeço a presença de vocês e do vosso comentário; sabendo que muito me alegra, e sabendo também que a mensagem que deixou é verdadeira e propícia. Espero sempre que passem por aqui, e sintam-se a vontade para comentar, sugestionar, deixar uma mensagem. Deus abençõe todos vocês da família BATISTA PALAVRA PROFÉTICA. Estamos juntos!! Amo vocês!!

      em Cristo,

      Pr Alex Oliveira.

      Curtir

  2. JANICE disse:

    Cunhadinho…..cheguei!!!!!
    Ótima mensagem. Deus continue abençoando sua vida, dando sabedoria e inteligencia para nos proporcionar mensagens maravilhosas como esta.
    Graça e paz.

    Miss. Janice
    I.P.F.M.

    Curtir

    • Missionária Janice, minha cunhada!! Obrigado pela sua visita e pelo seu comentário. Agradeço os votos e a oração a Deus por mim e por este trabalho. Que estas mensagens sirvam para reflexão do povo de Deus, que traga esperança, fé, que abençõe a todos os leitores; este é o objetivo do blog. Que Deus lhe abençõe vc, seu ministério e toda a nossa família!

      em Cristo,

      Pr Alex.

      Curtir

  3. Pr. Guedes disse:

    Prezado Pr. Alex, a paz do Senhor!

    Parabéns pelo blog e pelo texto sobre a esperança!

    Estou aqui para “pagar” as gentilezas de visitar meu humilde blog e também para, como deixei escrito em meu comentário em reposta ao seu, estreitar ainda mais nossos laços de amizade.

    Também coloquei seu blog na lista dos meus indicados.

    Abraço,
    No Amor de Cristo!

    Curtir

    • Caro Pr Guedes,

      como deixei registrado no seu blog, faço, não porque espero uma troca de gentileza, mas sim, porque gosto do conteudo do blog do irmão. Agradecendo a sua ilustre visita ao meu humilde blog, deixo lhe uma grande abraço! Sinta-se sempre a vontade.

      em Cristo,

      PR Alex Oliveira.

      Curtir

  4. Denilson disse:

    muito bonito de se ouvir…mas para quem foi abandonado por tudo e todos…inclusive por deus…são apenas meras palavras…não trazem de volta nenhuma pespectiva..não consertam as feridas e não aplacam a dor…só restam as trevas….

    Curtir

Participe deixando um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s