Todo nosso ser para Cristo: espirito, alma e corpo – Parte I

Todo nosso ser para Cristo: espírito, alma e corpo – Parte I

Por Pr. Alex Oliveira

E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito, e alma, e corpo, sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo” (1 Tessalonicenses 5:23)

No versículo citado acima, Paulo não somente deseja que Deus Santifique plenamente os Crentes; mas também, que estes permaneçam neste estado até a vinda de nosso Senhor Jesus. Podemos extrair deste texto uma  grande exortação: A Santificação, a permanecia em Santificação, a esperança da volta de Cristo, que certamente se dará. Isto está claro!


Entretanto, o que está implícito nestas palavras é a completa obra de salvação, de Deus, e por meio de Cristo Jesus, na vida do crente. Constantemente muitos ignoram que a obra de salvação, efetuada pelo Senhor,  abrange todas as áreas da vida do Crente. Se assim não é, somente o é pela nossa ignorância! ja falei em outros artigos que, pelo fato de não conhecermos nossos direitos, não desfrutamos deles; e isso acontece a muitos.

O apóstolo Paulo declara que todo o ser do crente em Cristo deve estar preparado para encontrar, em santidade, com o Senhor. Isto implica que todo o ser da pessoa passou pelo processo de salvação e regeneração; isto não somente é um direito, é um dever!

Ele declara (1) espírito, (2) alma e (3) corpo (não está em jogo, neste artigo, a constituição do homem).Coicidência ou não, creio eu, que a grande obra começa exatamente na ordem que o apóstolo declarou; começando do mais profundo do ser, e logo após, o mais exterior de todo aquele que Crê; assim sendo, o espírito-alma e o corpo. É fato, que a transformação ocorre de dentro para fora. Igualmente, deve ser fato, que não somente haja uma transformação; mas que ela seja profunda e completa. Devemos buscar isto!

Existe solução para os mais variados problemas e doenças, seja: do espírito-alma ou do corpo físico. Cada uma destas áreas tem seus particulares problemas. O que é solução para uma área, não o é, necessariamente, para outras!

Um dos erros do ser humano é tentar solucionar seus problemas com algo que não vai resolver profundamente ou permanentemete.

Contudo, há resposta e solução para todas as áreas da tua e da minha vida, em Cristo Jesus. Muitos, entretanto, não se apropriam dos seus direitos em Cristo; se quer conhece suas promessas. Embora, hajam alguns tipos de recursos humanos, físicos e/ou materiais, para solucionar os problemas da alma ou do corpo; não podemos desprezar a Fé nas promessas de Deus.

Deus pode muito bem se valer de milagres, para aquele que Crê, para aquele que tem Fé. Mas pode, também, se valer de recursos humanos e materiais, tais como: Médicos, Psicologos, medicação. Todavia, devemos tomar o cuidado e discernir qual é a ordem do problema – se é de ordem espiritual, psíco-emocional (na alma) ou físico.

Outra coisa que julgo necessária (como diria o Pr Luiz Hermínio), é diferenciar ou discernir o que é: Consequencia, Prova ou Guerra.

Por muito tempo vimos os próprios crentes demonizando tudo; ou seja, dizendo que qualquer doença, qualquer tipo de problema era do Diabo (ainda que em última instância seja). Mas, na maioria das vezes o que as pessoas passam é apenas consequência: do que a pessoa fez; ex: o fumante que contrai uma doença decorrente do hábito de fumar. O stress; geralmente como consequência de uma vida desregrada de trabalho, preocupações, aflições e pressões emocionais. E muitos outros exemplos.

Sabemos, que o homem tem o seu papel, e muitas vezes ele mesmo sofre por consequência dos seus atos. As doenças, as degenerações e a morte, são consequência última do pecado ter entrado no homem e nesta terra.

Há casos em que Deus está nos provando; como foi o caso de Jó e de muitos outros. E há casos, também, em que estamos em guerra espiritual; ou seja, o que estamos passando é fruto de uma guerra com as hostes do mal que, muitas vezes, usam pessoas ou situações para nos atacar e nos afligir.

Este artigo continua na parte II, clique aqui para ler…

Esse post foi publicado em Artigos e marcado , , . Guardar link permanente.

Participe deixando um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s