A OVELHA, A DRACMA E O FILHO PERDIDOS

Conhecer e entender quem é Jesus (Mateus 16) nos dará uma maior compreensão do que Ele veio fazer aqui na terra. Por outro lado, compreender o que Ele veio fazer, bem como, toda a sua missão, nos levará a entender porque Ele agiu, fez, falou e ensinou certas coisas de certas maneiras. Quero falar hoje, de forma simples e clara, sobre o valor de uma pessoa!

1) A respeito de Jesus, o evangelho de Lucas 19:10 declara: “Pois o filho do homem veio buscar e salvar o que estava perdido”.

*** Mas, Quantos se perderam?

A bíblia diz que todos se perderam e se extraviaram da presença de Deus (Romanos 3:9-26)

*** Quem é o perdido?

Tecnicamente todos; mas na ótica de Jesus, o perdido que precisa ser encontrado e o doente que precisa ser curado é aquele que reconhece e se dispõe ou se abre para ser achado e curado. (Mateus 9:10)

*** Jesus percebeu que haviam dois grupos dentre “todos” os que se perderam:

Em um grupo, perdidos e doentes que não queriam ser encontrados e curados. E em outro grupo, igualmente perdidos e doentes, desprezados, desvalorizados, mas que reconheciam o seu estado e condição e se abriram para serem tocados, curados e achados e, portanto, receberam a transformação de suas vidas!

2) Em vista disto, no capítulo 15 do evangelho de Lucas, Jesus nos mostra através de parábolas (histórias – fictícias ou não), a importância e o valor que Deus atribui a uma pessoa; assim como, a alegria que Ele tem ao encontrar e resgatar uma!

*** A exemplo, o versículo 7 diz que há Festa no céu quando um pecador/perdido é resgatado. Você já imaginou a expectativa no céu pela sua vida ou de outra pessoa?

*** Imagina os anjos nos céus, como uma torcida que aguarda ansiosamente a cobrança de um penalty ou um jogador “arremessar” a bola no último segundo, o jogando estando empatado?

Assim, neste momento fundamental, os anjos aguardam a sua decisão/escolha de “tomar o caminho de volta”; de entregar a sua vida a Cristo e aceita-lo como Senho e Salvador!!

3) POR NÃO SABERMOS ou ignorarmos isto:

a) Por um lado, faz com que, como aconteceu como Jesus, os outros critiquem o posicionamento de quem sente a responsabilidade e faz de tudo para Buscar os Perdidos! (Lucas 15:1)

b) Faz com que tratemos com indiferença e insensibilidade as pessoas, especialmente as que não conhecemos ou não gostamos muito! (Mateus 9:10 – Mas, Jesus amava e valorizava a todos os perdidos e desprezados)

4) POR OUTRO LADO, compreender tudo isto, e ter sido um dia alvo do amor e da procura de Deus, faz com que, não só, valorizemos todos os seres humanos, como também, compartilhemos do mesmo sentimento, amor e alegria do Senhor em resgatar os perdidos!

5) As três histórias de Lucas 15 (Incentivo lhe a ler), de certa forma, contam a história de todos nós. De toda a humanidade! Todos nós fomos/somos Perdidos, filhos, os quais Deus deseja ansiosamente Reencontrar, Restaurar, Transformar, Salvar, etc.

O Pai, ao ver o filho (Pródigo), não olha o seu estado, as suas roupas, o seu cheiro ruim, e nem o que fez… Ele abraça, Ele beija e chama os seus servos a prepararem depressa uma festa, roupas novas, porque naquele momento aconteceu o maior Milagre – o do Arrependimento, o da Salvação e Restauração de uma Vida! Este grande Milagre acontece quando o perdido “cai em si”, decide arrepender-se e toma a atitude de voltar aos Braços do PAI.

Assim, o Pai Celestial, te espera para te encontrar!

CONCLUSÃO

Existe neste exato momento uma equipe de busca pelos Perdidos, espalhados por toda face da terra. Alguns já foram encontrados, aqueles que se deixaram encontrar. Este Blog mesmo é um instrumento que visa alcançar através das mensagens estes perdidos. Será você um deles??

Não sei como e nem porque você parou aqui pra Ler esta Mensagem, mas sei que Deus quer te encontrar, te curar e transformar a sua vida!

Existe nesta hora uma expectativa, uma torcida no céu e aqui pela sua escolha e decisão. A única coisa que pode impedir este milagre e esta festa é a sua NÃO decisão de voltar aos braços de DEUS (O que já é uma decisão)!

Alguém deseja produzir uma grande festa nos céus? Alguém deseja retornar aos braços do PAI?

Então, faça esta oração: “Deus, sei que tu existe, que me criastes, que desejas ardentemente me encontrar. Reconheço o meu estado, meus pecados, que preciso mudar de vida… por isto estou aqui! Perdoa-me todos os meu erros e transgressões, e me aceita de volta, me lava e me limpa, no sangue de Jesus… e em seu nome direcione a minha vida. Amém“.

Leia a bíblia e deixe Deus conduzir a sua vida!

Publicado em Esboços de Pregações | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

PRATICANDO O DESAPEGO

Já dizia, muito bem por sinal, o comercial da OLX… O desapego faz bem! O que vamos falar hoje é fundamental para que vocês possam viver tudo o que Deus tem para vossas vidas este ano e a partir deste.

Começo por compartilhar uma grande reflexão abaixo de Glória Hurtado:

“Sempre é preciso saber quando uma etapa chega ao final. Se insistirmos em permanecer nela mais do que o tempo necessário perdemos a alegria e o sentido das outras etapas que precisamos viver.  Encerrando ciclos, fechando portas, terminando capítulos; Não importa o nome que damos, o que importa é deixar no passado os momentos que já se acabaram. As coisas passam, e o melhor que fazemos é deixar que elas possam ir embora. Deixar ir embora. Soltar. Desprender-se. Antes de começar um capítulo novo, é preciso terminar o antigo: Diga a si mesmo que o que passou jamais voltará. Lembre-se de que houve uma época em que podia viver sem aquilo. Encerrando ciclos, não por causa do orgulho, por incapacidade ou por soberba, mas porque simplesmente aquilo já não se encaixa mais em sua vida. Feche a porta, mude o disco, limpe a casa, sacuda a poeira. Quando um dia você decidir a pôr um ponto final naquilo que já não te acrescenta que você esteja bem certo disso, para que possa ir em frente, ir embora de vez. Desapegar-se, é renovar votos de esperança de sí mesmo, é dar-se uma nova oportunidade de construir uma nova história melhor. Liberte-se de tudo aquilo que não tem te feito bem, daquilo que já não tem nenhum valor, e siga, siga novos rumos, desvende novos mundos. A vida não espera. O tempo não perdoa. E a esperança, é sempre a última a lhe deixar.

Então, recomece, desapegue-se! Ser livre, não tem preço!”

Será que Biblicamente e Espiritualmente podemos concordar com a Poetisa em alguns ou muitos aspectos? O que a bíblia tem a dizer sobre o desapego?

a) Praticar o desapego é importante desde que milhares de coisas querem grudar em nós, cativando nossa atenção, forças, vida, etc. A Bíblia nos ensina que há coisas, caminhos, circunstâncias e até pessoas que nos desviam dos nossos planos e objetivos (e dos de Deus também); e muitas vezes nos levam à morte em diversos aspectos, inclusive espiritual.

Tudo o que te aprisiona neste mundo é um risco para sua própria vida agora e no porvir (Mágoas, Tristezas, Decepções, Frustrações, Sofrimentos, Dinheiro, Riquezas, Bens, Vícios, Hábitos ruins, Tecnologia, etc).

** Jesus/ Paulo/ Pedro disseram, em outras palavras, a mesma coisa:Toda pessoa se torna escravo daquele/daquilo por quem é vencido” (João 8:34/ 2 Pedro 2:19/ Romanos 6:16)

** Provérbios 16:25, diz: “Há um caminho que parece direito ao homem, mas ao seu fim são os caminhos da morte”.

** 2 Coríntios 6:14, diz: “Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas?

b) Por isto, o desapego é tão importante porque algumas coisas tiram de nós o tempo e o espaço de outras coisas mais fundamentais em nossas vidas. Por isto Jesus disse:

** Lucas 9:57-62: E aconteceu que, indo eles pelo caminho, lhe disse um: Senhor, seguir-te-ei para onde quer que fores. E disse-lhe Jesus: As raposas têm covis, e as aves do céu, ninhos, mas o Filho do homem não tem onde reclinar a cabeça. E disse a outro: Segue-me. Mas ele respondeu: Senhor, deixa que primeiro eu vá a enterrar meu pai. Mas Jesus lhe observou: Deixa aos mortos o enterrar os seus mortos; porém tu vai e anuncia o reino de Deus. Disse também outro: Senhor, eu te seguirei, mas deixa-me despedir primeiro dos que estão em minha casa. E Jesus lhe disse: Ninguém, que lança mão do arado e olha para trás, é apto para o reino de Deus”.

** Lucas 14:33, diz: “Assim, pois, qualquer de vós, que não renuncia a tudo quanto tem, não pode ser meu discípulo

** Daniel 1:8, diz: “E Daniel propôs no seu coração não se contaminar com a porção das iguarias do rei, nem com o vinho que ele bebia; portanto pediu ao chefe dos eunucos que lhe permitisse não se contaminar

DESAPEGAR-SE NÃO É FÁCIL, MAS É NECESSÁRIO

a partir do momento que você mantém distancia do que você não quer, você se aproxima do que você quer” (André – Brainpower)

O que fazer?

1) Ser Liberto por Jesus >>> João 8:32, diz: “Se o filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres” (Ele já fez isto na Cruz)

2) Cortar todos os pretextos >>> 1 Pedro 2:16, diz: “Considerando que sois livres, não useis a liberdade como pretexto para fazer o que é mal, mas vivei como servos de Deus

3) Controle-se firmemente >>> Romanos 6:12-14,16-22, diz: “Portanto, não permitais que o pecado domine vosso corpo mortal, forçando-vos a obedecerdes às suas vontades

4) Deteste o pecado >>> Romanos 12:9, diz: “Aborrecei o mal e apegai-vos ao bem” (Não podemos amar mais o pecado do que Deus e suas coisas)

5) Permaneça Firme na Palavra >>> Gálatas 5:1,13, diz: “Foi para a liberdade que Cristo nos libertou! Portanto, permanecei firmes e não vos sujeiteis outra vez a um jugo de escravidão

6) Ande com o Espírito e Desenvolva seus Frutos >>> Gálatas 5:16-22: “Digo, porém: Andai em Espírito, e não cumprireis a concupiscência da carne. Porque a carne cobiça contra o Espírito, e o Espírito contra a carne; e estes opõem-se um ao outro, para que não façais o que quereis. Mas, se sois guiados pelo Espírito, não estais debaixo da lei. Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, fornicação, impureza, lascívia, Idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus. Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança”.

Publicado em Esboços de Pregações | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

SÉRIE REFLEXÕES DE 2016: “ABERTOS PARA BALANÇO”

Por Pr Alex Oliveira

Pois é! Chegamos mais uma vez a um final de Ano! Como sempre fazemos, dedicamos naturalmente um tempo para Refletir Sobre o período! Em nossa Comunidade, este ano, fomos direcionados pelo Espírito Santo a fazer uma Reflexão mais profunda. Por isto, destinamos todos os Domingos de Dezembro para Avaliar nosso Ano, individualmente e coletivamente! Aqui neste artigo, utilizo a metáfora/ditado da Contabilidade/Finanças para nos auxiliar em nossa reflexão. Deixarei aqui abaixo no Blog os Links dos Slides em PDF com as nossas “Reflexões sobre 2016”. Desejo que lhe sirva igualmente!

Mensagem 1 > Serie-reflexoes-2016-Abertos-para-Balanço?

Mensagem 2 > Serie-reflexoes-2016-O-que-foi-plantado-e-colhido?

Mensagem 3 > Serie-reflexoes-2016-De-onde-viemos?

Mensagem 4 > Serie-reflexoes-2016-Onde-chegamos?

Mensagem 5 > Serie-reflexoes-2016-Para-onde-iremos-e-o-que-faremos?

Quantos de nós já não ouvimos a expressão: “Fechado para Balanço”??

Muito bem! Mas, você sabe o que ela significa e qual a importância do ato por trás deste ditado?

fechado-balanco           balanco-1

Na contabilidade e no direito, a palavra “balanço” significa e decorre do equilíbrio ou da igualdade.

A expressão: “Fechado para Balanço”, como comumente nos referimos, em muito, faz referencia a uma Prática Contábil (Análise Demonstração Contábil) que visa analisar a situação econômico-financeira de uma Entidade/Empresa.

A intenção com esta prática é parar um dia ou um período para efetuar a análise e avaliação dos resultados da empresa ao final de um período determinado.

balanco

EXEMPLOS BALANÇO:

– Balanço Patrimonial = Demonstra o Equilíbrio e a Situação Patrimonial da Entidade (AT = PA + CP)

– Balança Comercial = Demonstra, Analisa, Mede o equilíbrio entre Importações e Exportações

PARTICULARIDADE LINGUAGEM CONTÁBIL

O intuito aqui não é dar uma aula de contabilidade, mas extrair metáforas e lições do dia-a-dia desta Ciência. E uma das realidades na Contabilidade é que ela se utiliza muito de períodos, nos quais, não se avança de um para outro período sem que o anterior seja “Fechado”. Por outro lado, um período só é fechado quando:

a) É completamente analisado;

b) É corrigida as distorções;

c) É extraída as informações e lições

ABERTO x FECHADO?

balanco-600x300               aberto-para-balano             duvida

 

Em contrapartida a expressão: “Fechado para Balanço”, devemos utilizar, de forma geral, a mesma prática em nossas vidas. Mas, com o perdão do trocadilho, espiritualmente precisamos estar “Abertos” (para Balanço). A intenção, porém, é a mesma:

– Parar;

– Abrir-se;

– Analisar-se;

– Refletir

– Reavaliar-se

Certa vez alguém disse: “Aprendemos a voar sobre a imensidão do céu e as profundezas do mar, mas ainda não sabemos viajar para dentro de nós mesmos”

Parece-nos fácil Analisar, Examinar, Julgar, Criticar, tudo e todos ao nosso redor; entretanto, falhamos muitas vezes em olhar para nós. Mas, a Bíblia nos ensina e exorta a fazer tudo isto primeiramente conosco. Senão, vejamos:

“Examina-me, Senhor, e prova-me; esquadrinha os meus rins e o meu coração”. (Salmos 26:2)

“Esquadrinhemos os nossos caminhos, e provemo-los, e voltemos para o Senhor”. (Lm 3:40)

“Examine-se, pois, o homem a si mesmo, e assim coma deste pão e beba deste cálice… Porque, se nós nos julgássemos a nós mesmos, não seríamos julgados”. (1 Co 11:28-31)

“Mas prove cada um a sua própria obra, e terá glória só em si mesmo, e não noutro”. (Gálatas 6:4)

“Examinai-vos a vós mesmos, se permaneceis na fé; provai-vos a vós mesmos. Ou não sabeis quanto a vós mesmos, que Jesus Cristo está em vós? Se não é que já estais reprovados”. (2 Co 13:5)

POR QUE SE EXAMINAR/ANALISAR?

Paulo nos exorta a examinar e julgar a nossa vida e a nossa fé, com o fim de avaliarmos o caminho que temos percorrido, para que não venhamos a nos desviar e, por fim, nos perder. Neste contexto, o Apóstolo, cita exemplos dos que, por talvez falharem em analisar e julgar a si mesmo, se perderam:

Paulo escreve a Filemon (1:24) e aos Colossenses (4:14) descrevendo Demas como seu cooperador e colaborador na obra. Já na carta a Timóteo (2 Tm 4:10) Paulo lamenta a vida de Demas afirmando que ele “amou o presente século”. O que teria levado um homem envolvido com a obra a amar o presente século e abandonar a fé?

Paulo exorta Timóteo a “conservar a fé e a boa consciência” (1 Tm 1:19). O apóstolo afirma nos versos seguintes que alguns, rejeitando a boa consciência, rejeitando uma consciência limpa, naufragaram na fé, abandonando o que criam. Entre esses, Paulo menciona Himeneu e Alexandre, que caíram da fé e depois perderem o rumo da vida.

Por fim, o que dizer de Judas Iscariotes que andou com o mestre durante três anos e meio de sua vida e depois de ter presenciado todas as obras, os milagres, as repreensões, as palavras de carinho, mesmo assim, traiu o Senhor por causa de lucros mundanos?

O que teria acontecido a Demas, Himeneu, Alexandre, Judas Iscariotes, ou melhor, o que teria faltado a eles? Teria lhes faltando um auto-exame e auto-julgamento?

CONCLUSÃO

A semelhança das Empresas e Entidades, neste final de ano, incentivo-lhe a parar e reservar alguns dias para efetuar uma Análise mais profunda e geral de sua vida. Assim como acontece na Contabilidade, não devemos avançar para outro período sem que “fechemos” o anterior, ou sejam, sem que antes analisemos, corrijamos e extraiamos as informações e lições de tal período.

E AÍ, QUEM ESTÁ ABERTO PARA BALANÇO?

Publicado em Artigos | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

ETAPAS DA NOSSA JORNADA

Por Pr Alex Oliveira

Leitura Inicial:

Estas são as jornadas dos filhos de Israel, que saíram da terra do Egito, segundo os seus exércitos, sob a direção de Moisés e Arão. E escreveu Moisés as suas saídas, segundo as suas jornadas, conforme ao mandado do Senhor; e estas são as suas jornadas, segundo as suas saídas…” (Números 33:1,2)

Em qualquer área da Vida passamos por Etapas. As vezes doloridas, mas, todas elas importantes e necessárias até chegarmos onde desejamos – ou mais propício: “Onde Deus deseja que cheguemos”. Hoje, quero tomar o exemplo do Povo de Israel para refletirmos sobre as Jornadas a que somos submetidos!

Conforme leitura inicial, o texto nos revela que DEUS, não sem motivo, deu ordem a Moisés para registrar cada etapa da Jornada dos Israelitas, desde o Egito até as Margens do Jordão, fronteira com Canaã!

Se estudarmos diligentemente cada lugar que a NÚVEM pousou (Nm 9:15-18 /Sl 78:14 / Ne 9:12); cada etapa que o Povo passou, perceberemos:

– Em Cada Lugar uma Provação/Teste

– Em Cada Etapa um Propósito

O que as Etapas proporcionam?

** Se a Sabedoria é a soma das Experiências + Conhecimento x Tempo; sem sombra de dúvida, as Etapas a que somos submetidos nesta vida tem gerado em nós Sabedoria; se é que tenhamos consciência disto!

Este é justamente, dentre outras coisas, o motivo das Etapas; trazer para cada um de nós: Experiências, Conhecimentos, Aprendizado!

** Entretanto, ao vencer cada etapa, temos que tomar cuidado com algumas coisas:

  1. Guarde as lições e o aprendizado da etapa anterior para ser aplicado futuramente;
  2. Registre-se para SUA memória que o Senhor não te abandonou nestas etapas;
  3. Registre-se para os OUTROS que o Senhor tem te abençoado e te guiado;
  4. Preparem-se para novos Desafios, Novos Aprendizados e Novas Lições.

A Jornada não acabou!

* Podemos ter passado algumas etapas, mas a Jornada não acabou! Pelo contrário…

* Não é tempo de descansar;

* É tempo de aplicar o que se aprendeu;

* É tempo de conquistar terreno;

* É tempo de avançar;

* É tempo de alcançar e conquistar vidas… Não podemos parar!

Por fim, Leia Números 33:50-56 e perceba a advertência e até o perigo de não ouvirmos e obedecermos a direção do Senhor para nossa Vida e Igreja!

A história de Israel, de certa forma, sempre guarda grande semelhança com nossas vidas hoje. Não é a toa que o Apóstolo Paulo diz em sua epístola aos Coríntios: “Ora, tudo isto lhes sobreveio como figuras, e estão escritas para aviso nosso, para quem já são chegados os fins dos séculos. Aquele, pois, que pensa estar de pé, cuide para que não caia” (1 Co 10:11). Lógico, o entendimento hoje é espiritual.

Incentivo-lhes a refletir e extrair grandes lições das histórias do Antigo Testamente – do Povo de Israel, pelas quais você pode ser, hoje, grandemente beneficiado!

PAZ E BEM!

Publicado em Artigos | Marcado com , , , , | 1 Comentário

QUE TIPO DE PESSOA TENHO SIDO? QUE TIPO QUERO SER?

Por Pr. Alex Oliveira

Leitura Inicial: 2 Crônicas 21:12-20 “Era da idade de trinta e dois anos quando começou a reinar, e reinou oito anos em Jerusalém; e foi sem deixar de si saudades; e sepultaram-no na cidade de Davi, porém, não no sepulcro dos Reis”. (A respeito de Jeorão)

Seremos lembradoEpitáfios pelo que fomos, pelos nossos feitos, atitudes, palavras, exemplos… As pessoas se vão, mas as impressões sobre elas permanecem!

– Há aqueles que marcam as pessoas negativamente

– Há aqueles que se quer são lembrados. São irrelevantes

– Há aqueles que marcam as pessoas positivamente, para o bem

Diz-se de uma pessoa relevante, não só que produza ou faça algo em benefício dos outros, mas que se tornam modelo e exemplo para sua geração e posteridade.

Diga-me: Como um Pai, Como um filho, Como um Profissional, Como um Amigo… Como você gostaria de ser reconhecido e lembrado? Como hoje mesmo você tem sido reconhecido? (Expresse um pensamento/exemplo)

Ao refletir perceberemos que fazemos e temos planos de sermos reconhecidos e lembrados em nossa vida física, material e secular. Mas, nos esquecemos, porém, de nossa Vida Moral, Ética e principalmente ESPIRITUAL!

Vivemos atualmente em uma Época e em uma Sociedade onde os grandes Valores Morais, Éticos, Espirituais e da Família, a maioria deles provenientes da Palavra de Deus, estão enfraquecidos e acabando! Pouquíssimos preocupam-se, no sentido em que estamos falando, com estas áreas – Mas, preocupam-se sim, com a Aparência, com o Status, com o Dinheiro, com os Bens Materiais, etc.

Leiamos: Marcos 3:19 “E subiu ao monte, e chamou para si os que ele quis; e vieram a ele. E nomeou doze para que estivessem com ele e os mandasse a pregar, E para que tivessem o poderde curar as enfermidades e expulsar os demônios: A Simão, a quem pôs o nome de Pedro, E a Tiago, filho de Zebedeu, e a João, irmão de Tiago, aos quais pôs o nome de Boanerges, que significa: Filhos do trovão; E a André, e a Filipe, e a Bartolomeu, e a Mateus, e a Tomé, e a Tiago, filho de Alfeu, e a Tadeu, e a Simão, o Cananita, E a Judas Iscariotes, o traidor”.

Como você tem sido ou quer ser lembrado?

O Pr Josué Gonçalvez questionou certa vez em uma mensagem: “Qual frase que Deus colocaria no túmulo daqueles homens da galeria dos heróis da fé (Hebreus 11)? Com base no que podemos ler na Palavra de Deus, quero sugerir algumas frases que Deus colocaria em alguns túmulos:

Abraão: “Aqui jaz o meu amigo Abrão.”

Daniel: “Um homem muito desejado.”

Davi: “Aqui jaz um homem segundo o meu coração.”

Moisés: “Aqui jaz o homem mais manso da terra.”

Elias: “Aqui jaz o profeta do fogo.”

Jó: “Aqui jaz um homem íntegro.”

José (esposo Maria): “Aqui jaz um homem especial, ele educou o meu Filho Jesus.”

Paulo: “Aqui jaz o apóstolo dos gentios.”

Pedro: “Aqui jaz uma das colunas da minha igreja.”

João: “Aqui jaz o discípulo amado.”

CONCLUSÃO

Que tipo de pessoa, de cristão tem sido você? Como as pessoas tem te visto? Como você quer ser lembrado?

O que Deus quer de nós é, não somente que sejamos lembrando por algo que fomos ou fizemos, mas que nos tornemos Modelos/Exemplos Inspiradores para aqueles que nos cercam; de forma que as pessoas continuem zelando pelos Princípios e Caráter Cristão, tudo sempre para Glória de quem nos Criou e Amou!

A grande maravilha de Deus é que, não importa o que você tenha sido até aqui; há uma segunda chance; há uma nova oportunidade para mudar, e fazer tudo novo, de novo, da maneira certa! Enquanto há vida há tempo!

E para que você não perca mais tempo, pois o tempo está se findando; te encorajo a anotar em um papel, agora mesmo, como você gostaria de ser lembrado. Faça disto o seu objetivo, busque a realização disto… Vamos orar sobre isto!

Deus, ainda que não estejamos conscientes e nem acreditamos nisto, sei que o Senhor trouxe esta pessoa a este lugar, por causa desta mensagem. Creio que o Senhor tenha feito isto por causa do teu amor e do teu propósito. E clamo para que a tua Graça, Amor e Propósito sejam revelados no espírito desta pessoa, e que o teu Espírito conduza sua vida até que tudo seja consumado e concretizado. Bem sei que tudo podes e nenhum de seu planos pode ser frustrado. Eu oro em nome de Jesus Cristo. Amem!

Publicado em Artigos | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

SÉRIE: Encontros que Transformam – CRISTO

Por Pr Alex Oliveira

Neste artigo vamos prosseguir com a Série de Mensagens: Encontros que Transformam!

Na primeira parte (Clique e Leia >> Aqui) falei como Deus nos conduz a um encontro com ele, na maioria das vezes, utilizando as circunstancias, assim nos direcionando para o fim; mas, também, para um recomeço! Igualmente, hoje, desejo falar do encontro com Cristo, nosso Senhor e Salvador.

Espero e oro para que você seja tocado e deseje de coração ter um encontro mais profundo com Deus/Cristo,  que irá transformar sua vida e tudo ao seu redor!

Texto inicial: João 1:1-14

No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez. Nele estava a vida, e a vida era a luz dos homens. E a luz resplandece nas trevas, e as trevas não a compreenderam.  Houve um homem enviado de Deus, cujo nome era João. Este veio para testemunho, para que testificasse da luz, para que todos cressem por ele. Não era ele a luz, mas para que testificasse da luz. Ali estava a luz verdadeira, que ilumina a todo o homem que vem ao mundo. Estava no mundo, e o mundo foi feito por ele, e o mundo não o conheceu. Veio para o que era seu, e os seus não o receberam. Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome; Os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus. E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade”.

Jesus desceu e abriu mão da sua Glória e se fez como um de nós, não foi apenas para morrer na cruz do calvário, mas para nos deixar o exemplo e ser modelo para. Mas, não só isto, Ele veio para ter um encontro pessoal com cada um de nós. Ah o poder de um encontro pessoal, verdadeiro e profundo!

Tamanho o valor que ele atribui a você (João 3:16)… Foi que ele não mandou ninguém, ele mesmo veio!

Existe algo em Jesus que cativa, que constrange as pessoas. E um verdadeiro e profundo encontro com Jesus dá um novo sentido e horizonte à vida, não transforma apenas as circunstancias, transforma, sobretudo as pessoas!

Tudo o que o Espírito Santo quer neste dia/noite é uma oportunidade para te levar a um encontro pessoal e profundo com Cristo. Por isto você está aqui neste lugar, lendo este artigo! É Por isto que também mesmo aqueles que já tiveram um encontro com Cristo, voltam vezes após vezes, para continuar tendo este encontro, renovando e reafirmando o contato com o Salvador.

Pessoas que se encontraram com Jesus

Esteja certo disto, Ele prova seu amor por nós, não só pelo que ensinou, falou ou fez, mas pelo fato de ter vindo. Não precisava, mesmo assim veio! Enquanto esteve aqui procurou os necessitado, pecadores, desprezados, desvalidos. Pois como disse certa vez: “Os sãos não precisam de médicos”. No que dependeu de si, o Mestre se encontrou e transformou todos quantos foi possível!

Um encontro necessariamente tem que ser entre duas ou mais partes. Todavia, não importa tanto o encontro em si, mas a forma, a disposição, a motivação, o coração de quem se encontra com Ele. Por isto, muitos encontros foram meramente sem sentido, sem resultado, sem efeito, simplesmente físico ou carnal, não por causa daquele que É, mas por causa destes que se encontraram com Ele. Vejamos apenas alguns exemplos:

– O Jovem rico – A semelhança dele, muitos de nós, ficamos no quase… falta algo mais!! O jovem, embora tenha se encontrado fisicamente e estivesse diante de Jesus, não teve força e abnegação para desprender seu coração de um mal que assola a maioria das pessoas: Os bens materiais e as riquezas desta terra. O interessante é que o próprio sabendo isto de si mesmo, saiu triste e decepcionado! (Mateus 19:22)

– Nicodemos – Outro que, embora encontrasse e admirasse a Jesus, faltou um pouco mais de coragem e ousadia por sua parte. Analisando um pouco mais os evangelhos, perceberemos que ele deixou o medo da recriminação e a perda do status falar + alto, o que impedia de confessar publicamente seu envolvimento com Jesus. Talvez tivesse vergonha! (João 3 / 7:50 / 19:39)

– Os Nove leprosos – Estes tiveram um encontro com Cristo, entretanto, do encontro tiraram apenas a parcela de menor importância – a Cura física. (Lc 17:11-19

– Será que temos outros exemplos?? O que acha??

O que resta depois de um Encontro profundo e verdadeiro?

Resta a conseqüência, o resultado e o testemunho deste encontro! E os “sinais” são fundamentais, pois são um testemunho da verdade e da realidade do poder. Veja:

** João 10:25 – As obras como testemunho da verdade

** Atos 4:20 – Testemunho do que temos vivido e visto

Nota: Penso e Reflito, em conformidade com as palavras de Pedro, que muitos tem ficado quietos hoje em dia; não por vergonha, não por falta de eloquência, não porque não sabem falar, não por falta de oportunidade… mas, pela Falta de um Real e Profundo encontro com Cristo, que é raiz de todo o silencio e mudez!

De acordo com Pedro, a lógica é simples: Encontro Verdadeiro + Mudança de Vida + Transformação + Sinais/Marcas = TESTEMUNHO! Impossível passar pelo encontro e ser transformado e não haver Testemunho e Impacto nas pessoas! Pedro, Paulo, João, Barnabé, Tiago e todos os outros apóstolos e discípulos comprovam isto!

O poder do Testemunho

Zaqueu teve um encontro com Cristo e o impacto foi tão grande que seu caráter e toda vida foram transformada (Lc 19:1-9). Suas atitudes e sua transformação são o maior e mais impactante testemunho.

A mulher samaritana (João 4:16-26 / 28, 39-42) é um dos grandes exemplos do Poder do encontro com Cristo. Sua história, graças a Deus registrada, nos fornece um exemplo do poder do Testemunho falado e expressado. Praticamente uma cidade inteira se rendeu a Cristo pelo testemunho desta mulher. Quantos através do seu testemunho puderam ter a oportunidade de igualmente terem suas vidas transformadas! Quem dera nossa geração pudesse entender e buscar isto!!

A grande graça de um Testemunho é que não é ele que transforma quem ouve! Ele é apenas aquilo que encoraja e promove o Encontro que Transforma. Filipe, um dos apóstolos, inspirado e impactado por ter sido “encontrado” por Cristo, logo procura e “encontra” Natanael. E, mediante ao ceticismo do amigo, Filipe simplesmente diz: Vem e Vê (João 1:43-49). Esta frase tem um quê de: Vem e veja com seus Próprios olhos! Vem, experimente e constate você mesmo o que estou falando!

Só podemos e o que devemos, uma vez tocados e transformados, Inspirar e Transpirar Jesus aos que estão ao nosso redor!!

Marcas de um Encontro e Sinais da Transformação

Não podemos ignorar que existem marcas e sinais que atestam a transformação de algo ou de alguém (ex: Lagarta x Borboleta). Assim, também, espiritualmente existem os Sinais e as Marcas de uma pessoa que teve um encontro com Cristo e foi Transformada! Algumas são:

1) Amor – “Nisto serão conhecidos que sois meus Discípulos: Se vos amardes uns aos outros” (Jo 13:35)… “Amar a Deus sobre todas as coisas… e ao próximo como a si mesmo” (Marcos 12:33).

2) Obediência – “Vós sereis meus amigos, se fizeres o que vos mando…” (Jo15:14).

3) Atitudes/ Comportamento – O Fruto do Espírito (Gl 5:22)

4) Características e a Mente de Cristo (1 Co 2:16 / Rm 8:29)

5) Boas Obras como Fruto de uma vida Piedosa e Transformada (Mt 7:16)

O PROPÓSITO DE SER TRANSFORMADO

a) Para que possamos fazer a Diferença

b) Para que Deus possa cumprir seu Propósito através de nós nesta Terra

c) Para que nosso testemunho seja verídico

d) Para que nosso Ensino seja eficaz e com autoridade

e) Para que estejamos preparados quando Jesus voltar

COMO SER TRANSFORMADO

> Deseje e busque – Não existe uma pessoa se quer que tenha sido transformada sem antes ter quisto!

> Obedeça, Siga e se abra as Instruções e Conselhos da Palavra de Deus

> Priorize o Relacionamento com Deus e suas coisas

> Seja Discipulado e Preste contas da sua vida a alguém (Interdependência)

> Se disponha a Discipular e ajudar alguém

> Sirva, assim como é Servido

> Ame, assim como é Amado!

> Se determine, persista e não desista de vencer os maus Hábitos

CONCLUSÃO

Uma vida transformada é o reflexo de um verdadeiro encontro com Cristo (Vice Versa)! A realidade e os efeitos da transformação, portanto, devem ser visíveis e presentes na vida do Cristão; isto é mais do que importante, é necessário! Quantos neste exato momento, talvez, inclusive você, tem buscado a verdade, o sentido da vida, o preenchimento? Quantos com desespero na alma por causa do vazio, quantos com sequidão no espírito e sem esperança nesta terra querem uma mudança de vida?

Venha ter um encontro profundo com Jesus e veja o que Deus irá fazer na tua vida e família!

Ore agora:

Senhor Jesus creio que desceste do Céu, sofreu, morreu por meus pecados e ressuscitou para ter um encontro pessoal e profundo comigo. E eu desejo este encontro e esta transformação. Perdoe, lave e purifique-me dos meu pecados, pois me arrependo. Escreve meu nome no Livro da Vida e dê-me a alegria da Salvação, em seu nome. Amém!

Publicado em Artigos, Estudos Bíblicos | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

SÉRIE: Encontros que Transformam – DEUS

Por Pr Alex Oliveira

É com prazer que eu lhe apresento amigos (as) esta série que certamente será uma rica fonte de estudo e de benção para sua vida!

Em outra oportunidade (Veja aqui) falei um pouco sobre o nome e a vida de Jacó. Levantei no artigo a questão de qual era “benção” pela qual Jacó buscava ao lutar com o anjo do Senhor. Hoje, porém, apesar de abordar os mesmos personagens e as mesmas passagens, quero lançar uma perspectiva complementar sobre tudo que já havia falado. Tenho certeza que enriquecerá ainda mais o seu estudo!

Qual é o seu nome? Quem você é?

Leitura inicial: Genesis 32:27

“E disse-lhe: Qual é o teu nome? E ele disse Jacó”

Penso comigo, pelo parco conhecimento que tenho da Palavra de Deus, que a grande essência que possibilita a transformação do Homem (Depois do sacrifício vicário de Cristo evidentemente) é o arrependimento, o reconhecimento, a conversão. Quando Deus nos chama e nos alcança com a sua Graça, Ele espera que nos arrependamos e reconheçamos quem somos e quem Ele é! Creio que não há como fazer muita coisa por alguém que não reconheça que precise e queira a mudança! (2 Pedro 2:22).

Muito bem, voltando! A pergunta do anjo, respeitando o contexto de toda a história, é pertinente e não é sem sentido! A resposta, para além do simples nome, era a Confissão, a Admissão e o Reconhecimento de quem se era!

Falar e Meditar sobre a Vida de Jacó, nos ajudará a compreender a importância e necessidade de um encontro Transformador; a necessidade de “descer” e “passarmos” por este lugar chamado Vau de Jaboque. Entenda que Deus está te, me, nos conduzindo para o Vau de Jaboque (Não literalmente, mas metaforicamente falando). Por este motivo Cristo morreu, por este motivo o Espírito Santo tem batalhado e trabalhado, para te levar e proporcionar um encontro com Deus!

Apenas recapitulando:

Genesis 25:19-27.

** Os antigos, especialmente os Judeus, acreditavam que cada nome possuía um significado, e que este revelava a personalidade e caráter de quem o possuía. Em outras palavras, o nome revelava um pouco da historia, da personalidade, da vida e de quem era a pessoa! Assim, os pais, deram o nome de Jacó ao segundo filho, talvez, à princípio como uma “inocente” brincadeira, devido ao incidente de o menino vir grudada a sua mão ao calcanhar do irmão.

** Se analisarmos com cuidado toda a história e as referencias, para mim não resta dúvida, perceberemos que os significados propostos para o nome de Jacó, realmente expressavam quem ele era ou se tornara. Ele tinha personalidade difícil e caráter duvidoso:

– Suplantador (Gn. 25:26) – Aquele que agarra o calcanhar como que querendo suplantar seu irmão.

– Usurpador (Gn. 25:29-34) – Aquele que se aproveitou da fraqueza do irmão e usurpou o lugar dele.

– Enganador/Ludibriador (Gn. 27:2-30) – Jacó engana seu pai e seu tio, a fim de obter o que queria.

Algumas conseqüências das atitudes do Patriarca foram:

– Jacó desestruturou toda a sua família, com conseqüências negativas para toda a sua posteridade

– Plantou e cultivou o ódio em seu irmão que, lhe jurou matá-lo.

– Tornou-se fugitivo, viveu em terra estrangeira e desconhecida, e teve de ficar longe de sua família.

– A maior das conseqüências que Deus permitiu que lhe sobreviesse, porém, foi ele ter de experimentar tudo o que havia feito com os outros. (Gn. 31:6,7)

Nota: a lei da semeadura que conhecemos bem é importante não só por uma questão de justiça; mas, também para que sintamos o que os outros sentiram quando lhes agravamos ou prejudicamos e, também, para que aprendamos a lição! Mas, calma, calma… Não atire ainda a primeira pedra em Jacó! Por quê?

Por que a vida e história de muitos de nós se assemelham, em muito, com a dele!

– Ele era escolhido do Senhor (Isaías 44:1)

– Deus o abençoava mesmo sem ele merecer, por sua graça. O que ele mesmo reconheceu (Gn 32:10)

– Conheceu e esteve no local chamado Betel: “Casa de Deus” (Gn 28:10-20)

– Teve algumas experiências com Deus. Viu a graça e o cuidado de Deus.

– Enfim, adquiriu muitas coisas, muitas posses, muitos filhos… Mas, lhe faltava o Principal:

Um Real e Verdadeiro Encontro com Deus!

Conforme o saudoso David Wilkerson apontou muito bem: “É como o Povo de Israel que atravessou o Mar Vermelho, mas nunca atravessou o Rio Jordao… Assim, também, muitos crentes hoje saem do mundo, mas nunca entraram em Canaã; a Terra da Promessa e do Descanso! Isto porque necessário é mais uma travessia: O Vau de Jaboque”.

Lugar de confronto e encontro com Deus!

E levantou-se aquela mesma noite… E tomou-os e fê-los passar o ribeiro; e fez passar tudo o que tinha.
Jacó, porém, ficou só; e lutou com ele um homem, até que a alva subiu. E vendo este que não prevalecia contra ele, tocou a juntura de sua coxa, e se deslocou a juntura da coxa de Jacó, lutando com ele.
E disse: Deixa-me ir, porque já a alva subiu. Porém ele disse: Não te deixarei ir, se não me abençoares
”. Genesis 33:24,25

Devemos notar, ao ler o texto e seu contexto, dois fatos interessantíssimos:

  • O Anjo já esperava Jacó no local “marcado e determinado” por Deus;
  • A princípio, não foi Jacó que lutou com o anjo, mas o anjo que já estava preparado para tal e primeiro!
  • Havia um Conflito, dois Interesses: O Anjo lutando por uma razão; e Jacó, lutando, mas por outra razão!

O Vau de Jaboque é antes de tudo um lugar de Confronto; um lugar de morte! Por outro lado, se Jacó com todas as suas más características representa o Velho Homem ou a Velha Criatura; temos a certeza que o Vau de Jaboque é o fim da Linha para o Velho Homem/Mulher!

Nós também…

Do que já temos estudado até aqui e do contexto de toda a palavra de Deus, podemos tirar algumas conclusões importantes. Deus luta conosco a todo o momento, com todas as circunstâncias por duas coisas:

  1. a) A Primeira, diz respeito a oportunidade que Deus nos deu de sermos Resgatado – a Salvação;
  2. b) A Segunda, diz respeito a como você entrará e quem você levara p/ o céu – a Transformação;

Vejamos o que Paulo diz em 1 Coríntios 6:1-11 / Efésios 4:22-24

Apesar de ser escolhido e de lhe ter abençoado, Deus, de modo algum deixou de trabalhar em seu caráter. Isto por que, para Deus, o que mais importa, ao contrário do que muitos pensam, é a transformação que Jacó, eu e você precisamos passar! O que está em jogo não é apenas a sua Salvação, mas, todo um plano de Deus para sua vida, família e ao seu próximo!

Todos nós inevitavelmente devemos fazer a escolha se queremos e estamos dispostos passar ou não neste lugar… Para os corajosos e desejosos de uma nova e verdadeira vida: Sem mentira, sem trapaça, uma Vida de Paz, descanso, de plenitude, de transformação é PRIMORDIAL!

O lugar de encontro com Deus é, também, um lugar de Renascimento, de Transformação! (Gn. 32:22-31)

Como disse certo leitor nosso: “Em nossa Caminhada, certamente, começamos como Jacó… Porém, terminaremos como Israel – Príncipes e Princesas de Deus

NÃO DEIXE DE LER A SEGUNDA PARTE! CERTEZA QUE VALERÁ A PENA!

Publicado em Artigos, Estudos Bíblicos | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário