“Eu e minha casa serviremos a Deus…”

Promessas são para serem conhecidas e conquistadas!” Parece obvia a afirmação anterior, mas nem tanto como parece!

Nem todos estão cônscios das promessas de Deus. Há promessas que parece uma simples afirmação, mas, na realidade, não é apenas uma afirmação ou constatação; são realmente promessas – e como disse: “Promessas são para serem, uma vez conhecidas, CONQUISTADAS”.

Infelizmente muitos não conhecem, e por isto não conquistam. Outros há que conhecem, mas não conquistam por lhes faltar atitude e ousadia. Em suma, o que eu quero dizer é que, quando se trata de promessas de Deus, muitas delas estão esperando para serem conquistadas. “Muitas” delas (promessas) não irão se realizar se não as conquistarmos!

Certa vez li em um livro o exemplo a seguir:

“Uma mulher analfabeta, havia trabalhado fielmente para sua patroa durante toda a vida desta. Quando a patroa faleceu, não tendo a quem deixar a sua herança, deixou um papel escrito em uma caixinha com um bilhete, que dizia: Para minha querida FULANA que me foi fiel a vida inteira. A mulher que não sabia ler nem escrever, não sabendo o conteúdo daquele documento tão importante, apenas guardou aquela caixinha e foi viver a sua vida humilde em uma casa caindo aos pedaços numa favela em um lugar qualquer; contudo, guardava a caixinha com muito amor, pois lhe fora dada pela patroa a quem servira fielmente. Muito tempo depois, de alguma forma, aquela mulher descobriu que aquele documento, na verdade, era um TESTAMENTO no qual a patroa lhe passara toda a sua fortuna, toda a sua riqueza. Foi quando a mulher “conhecendo” o seu direito, tomou posse dele, tomou posse da sua herança”.

Lógico, a história é bem resumida e talvez ela nem seja assim exatamente, mas o que importa é a lição que ela nos traz.

Como essa mulher, assim somos nós… Temos um tesouro, uma herança inestimável em nossas mãos que pode e mudará as nossas vidas; mas, como no caso da mulher, aquele, será apenas um papel escrito que nos traz lembranças boas. Mas, é somente quando conhecemos (temos consciência) do que é, e o seu valor, e tomamos posse, é que desfrutamos das suas BENESSES.

Peço-lhe que leias ATOS 16.31

Muitos tomam esse versículo como uma grande promessa do Senhor, proferida pelos lábios de seus servos apóstolos. Outros há que, não crêem. Acham que foi algo específico para o carcereiro. Eu, particularmente, acho que foi algo dito especificamente para aquele homem e sua família, mas, também creio que é algo estendido para todo aquele que tem aliança com o Senhor Jesus; principalmente para aqueles que assim crêem!

Digo isto porque vejo em toda a Bíblia a importância que Deus dá a família; instituição criada por Ele próprio! É só analisar desde Adão e Eva, passando por Noé, Abraão, Ló, Josué e muitos outros que fizeram aliança com Deus e tiveram suas famílias abençoadas pela aliança que tinham com o Senhor.

Por isto, se você tem batalhado em oração e jejum e em palavras pela sua família, lhe digo: “Creia no Senhor Jesus e ele fará uma GRANDE obra na sua vida e em toda a sua FAMÍLIA”. Não aceite em sua vida ou em sua família nada menos do que as promessas de Deus. Continue lutando por sua família. Diga para o Senhor que ele é o Senhor da sua casa e família. Diga para o Senhor o que você vê de promessas na Bíblia a respeito da família!

Amado (a), creio que Deus quer estender a salvação a todos os seus familiares, só que isto ocorrerá, em muitos aspectos, por sua causa, por seu proceder, por sua oração, por sua determinação em tomar posse das promessas de Deus! Devemos saber que a libertação que Deus quer operar é completa. “Se o filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres” (João 8.36).

Bom… Tentando ser o mais breve possível, eu gostaria de meditar contigo em episódio bíblico que diz respeito a este assunto.

Quando da libertação do povo de ISRAEL do Egito, aconteceram situações interessantes, sobre as quais precisamos estar atentos, pois os acontecimentos na história de Israel, em muitos aspectos, encontram paralelo com as nossas vidas.

Prestes a cumprir a comissão que lhe fora confiada por Deus, Moisés (Êxodo 3.10) se depara com grandes tentações de Satanás, prefigurado, tipologicamente, por FARAÓ. Acontece que o servo de Deus estava muito consciente do chamado, das promessas e da vontade de Deus, coisa que nós, muitas vezes, não estamos.

Há necessidade de estarmos cientes de algumas artimanhas e sutilezas do nosso adversário. Uma vez liberto ou que você queira se libertar, a primeira atitude de Satanás é tentar persuadir você que não tem jeito, que ele não vai te liberar (Êx 5.2). Insistindo na libertação, Satanás vai agravar o julgo de servidão (Êx. 5.9,22,23); as lutas aumentarão, as dificuldades crescerão. Por Quê?

- Para intimidá-lo, para fazer você se assustar com as lutas e dificuldades, e assim, voltar atrás. Satanás, em toda Bíblia e ainda hoje, tenta mostra que é mais (ou pelo menos igualmente) poderoso do que Deus, o que é ABSOLUTAMENTE mentira! (Êx. 8.18,19)

Uma vez que Satanás não conseguiu impedir a Libertação do Povo (ou a sua) ele veio (e virá para você) com algumas sutilezas/propostas. No caso de ISRAEL ele lançou a proposta a Moisés. ATENÇÃO: Tome cuidado; ele faz o mesmo comigo e com você a todo tempo!

1º. A Primeira proposta de Faraó, êxodo 8.25-28: “Ide e sacrificai ao vosso Deus NESTA terra”. Ou seja, dentro do Egito. Faraó não queria que eles fossem muito longe; ele queria manter os Hebreus debaixo da sua influencia e autoridade; ao passo que Deus queria eles bem longe do Egito para não sofrerem a autoridade de Faraó.

2º. Êx 10.8-11: “Ide, servi ao Senhor vosso Deus. Quais são os que hão de ir?”. Veja nestas palavras a astúcia de Faraó (Satanás). Moisés não aceitou a proposta. E Faraó continua: “Ide vós homens, pois é o que pedistes”.

3º. Êx 10.24 , diz Faraó: “Ide, servi ao Senhor; fiquem somente vossas ovelhas e vossas vacas; vão também convosco as vossas crianças”. Moisés novamente não aceitou a proposta. Satanás é assim, ele quer lhe dar prejuízo em algum lugar. Ele não impede muitas vezes de sermos libertos, mas, que manter a sua influencia e autoridade dele sobre alguma área de nossas vidas. Não aceite!

A resposta do servo de Deus, Moisés, é clássica (Êxodo 10.26) e expressa tudo o que esta mensagem quer passa: “E também nosso gado há de ir conosco, nem uma unha ficará; porque daquele havemos de tomar, para servir ao Senhor nosso Deus”.

Enfim… Nunca negocie com Satanás a sua libertação e de sua família. Não aceite nada menos do que a LIBERTAÇÃO COMPLETA DE DEUS para sua vida e da sua família.

About these ads
Esse post foi publicado em Esboços de Pregações e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para “Eu e minha casa serviremos a Deus…”

  1. AMÉM! OBRIGADA PELA VISITA. DEUS TE ABENÇOE!

    Curtir

Participe deixando um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s